Férias 2016 – Honshu – Kyoto – Heian Jingu Shrine – 14 de junho

Publicado: 7 de novembro de 2016 em Viagens
Tags:, ,

14/06/2016 – terça-feira

Ainda como gueixas, fomos ao santuário xintoísta Heian Jingu.

Ele foi construído em 1895 para comemorar o 1100° aniversário da fundação de Heian-Kyo, o antigo nome de Kyoto.

O santuário Heian possui um dos maiores Torii (portão que antecede o portão principal) do Japão.

Antes de entrar no santuário, do lado esquerdo do Ote-mon, que é a porta de entrada, precisamos fazer o ritual de purificação, lavando as mãos e a boca com água e, à direita do Ote-mon, tem a oferenda de barris de saquês.

No centro fica Daigoku-den ou Palácio da Câmara do Estado. Os edifícios do santuário Heian, com suas cores laranja, verde e branca pretendem ser réplicas do antigo Palácio Imperial de Kyoto (destruído em 1227), sendo o seu tamanho dois terços menor que o tamanho do original.

Atrás do Daigoku-den encontra-se o Honden, onde, segundo a lenda, habitam os espíritos dos imperadores Kammu e Komei. 

Kammu (737-806) fundou Kyoto em 794 e Komei (1831-1866) foi o último imperador a viver o seu reinado em Kyoto, antes de a capital mudar para Tokyo. Ao contrário de outros elementos do complexo, o Honden não é pintado.

O Santuário Heian está rodeado por uma série de jardins que ocupam, aproximadamente, 33.000 metros quadrados. Eles são projetos representativos da Era  Meiji e estão divididos em quatro seções – norte, sul, leste e oeste. Os jardins são diferentes para garantir que o santuário tenha um cenário que muda de acordo com as estações do ano. A época mais popular, sem dúvida, é a primavera, época em que as cerejeiras estão floridas.

Heian é  o tipo do lugar calmo que pode mudar de status, se observarmos a placa com advertências em japonês e inglês. Pelo jeito, há ocorrências de terremoto lá, conforme orientação dada a quem visita. Nós não sentimos nenhum abalo sísmico. Ainda bem!

Interessante notar que há algumas árvores em frente do Daigoku-den com Omikuji (papéis da sorte) amarrados. Os papéis brancos fazem com que as árvores se assemelhem às cerejeiras em flor. Será que é na primavera que os desejos se realizam? 

http://www.japanvisitor.com/japan-temples-shrines/heian-shrine#ixzz4F4NHLEuH

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s