Arquivo de julho, 2012

Férias 2012 – Europa Esplêndida

Publicado: 29 de julho de 2012 em Viagens

Férias!

Depois de muitas milhas voadas, muitos quilômetros rodados, muita coisa boa, gente, chocolates e muita comida gostosa nossas férias terminaram. De Paris a Viena, foram 7 paises e 15 cidades em 16 dias de viagem.

Foi um passeio pela Europa. Passamos por lugares que eu tinha vontade de rever e alguns que gostaria de conhecer. No fundo, o objetivo era descansar, relaxar e distrair. E foi com esse espirito que eu, Bete e Maria Thereza iniciamos a viagem.

São Paulo, aeroporto de Guarulhos – 17/06/2012. Ibéria – 15h35.

De São Paulo, nós fomos para Madri e, em seguida, fizemos conexão para Paris. Chegamos às 10h30 (hora local – 5h a mais do que no Brasil) do dia 18. A viagem foi tranquila e a comida boa, no primeiro trecho. No segundo, não serviram nada, mas o voo foi ótimo.

“Ver, será sempre a melhor metáfora de conhecer” Autor: Fernando Pessoa

Anúncios

Férias 2012 – Paris

Publicado: 29 de julho de 2012 em Viagens

18 – 19 e 20/06/2012 – Paris

Um guia nos esperava no aeroporto e nos levou até o hotel. Ficamos no Holliday Inn da Gare D`Lest. Fácil para ir e vir, a pé ou com qualquer transporte público.

Hotel razoável – café da manhã razoável – hotel sem estrutura para o número de pessoas que recebe – quarto sem frigobar nem itens de toalete. Internet caríssima – 3 euros a hora ou 10 para usar o dia todo no hall do hotel. No quarto, 18 euros a diária, custo que não compensa para quem fica pouco tempo no quarto, como é o nosso caso. Valeu pela localização, cama confortável e bom chuveiro. Afinal, hotel é só um lugar para dormir depois de um dia inteiro de atividade. Não seria minha escolha se eu estivesse viajando por conta própria.

Paris é um colírio para os olhos! Só senti falta das músicas, que eram tradicionais em cada canto e agora parecem raras. Nos demos o direito de sentir Paris nos pés, andando pela cidade, curtindo cada rua, ponte e paisagem. Passeamos sem a obrigação ou necessidade visitar museus, igrejas e monumentos. Nosso propósito desta vez foi aproveitar os três dias em que lá ficamos para andarmos muito e revermos todos os pontos que já nos encantaram em outras ocasiões.

Bete foi para Versailles e conheceu uma brasileira, a Walda, que também estava no nosso hotel.  Walda é de Belém e se juntou a nós no ultimo dia. Uma companhia muito agradável.

É muito fácil andar em Paris. Com um mapa na mão e muita disposição dá para ir a qualquer lugar porque os meios de transporte são fartos, bem sinalizados e a cidade é plana.

Além disso, Paris cabe no bolso, se o objetivo não for fazer compras.

Alguns registros:

Férias 2012 – Bruges e Gent

Publicado: 29 de julho de 2012 em Viagens

21/06-  Paris – Bruges

Saimos de Paris às 8h com destino a Bruxelas. No caminho, paramos em Bruges e Gent. Finalmente conhecemos nossos companheiros de viagem, que eram de diversas regiões da Espanha.

Bruges é uma cidade encantadora. Eu e a Thera já a conhecíamos e foi gostoso voltar para relembrar. Dizem que é Veneza em miniatura com os canais muito limpos. Chamam a nossa atenção os cuidados com as ruas e as flores que estão por toda a parte. É uma cidade alegre e possui um chocolate delicioso.

Ficamos poucas horas, o suficiente para andarmos pelas ruas de pedras e sentirmos a vibração positiva que paira no ar. Ainda estava fazendo frio, mais do que imaginávamos.

21/06/2012 – Gent

Ainda na Bélgica, passamos em Gent, uma cidade de 240 mil habitantes que prosperou entre os séculos 13 e 14 graças ao comércio de tecidos. Os moradores de Gent, bem como em Bruges e Antuérpia falam o Flamengo. Como ninguém espera que o turista domine o idioma local, o inglês é bem aceito e a comunicação se faz sem problemas.

A cidade oferece uma variedade de lugares interessantes. Entre eles: dois castelos medievais, muitos museus, conventos, igrejas e prédios históricos. Segundo os guias de Gent, em nenhuma outra cidade da Bélgica existe uma listagem com tantos monumentos.

Alguns registros:

Férias 2012 – Bruxelas

Publicado: 29 de julho de 2012 em Viagens

21/06/2012 – Bruxelas

Chegamos às 19h30 e ficamos no Hotel Husa President. Melhor do que o de Paris (ainda bem!!!). Bem melhor! Jantamos no hotel porque estava incluso no passeio – salada, salmão com creme de ervas e batatas e torta de maçã.

Além de o quarto ser melhor, a internet funcionou.

 22/06/2012 – Bruxelas

Saimos logo cedo para uma visita panorâmica e continuação da viagem.

Passamos pela Grand Place, também chamada de Praça do Mercado, principal endereço e maior atração turística da cidade, que é onde acontecem todos os principais eventos de Bruxelas. Rodeada de prédios históricos remanescentes dos séculos 15 e 16, com mercado de flores pelo chão e restaurantes com mesas nas ruas, é um lugar maravilhoso.

Durante o passeio, aproveitamos para o waffle, uma especialidade belga imperdível.

Também passamos pela estátua do Manneken Pis, famosa na Europa, que é um meninode não mais do que60 centímetros fazendo xixi dentro de uma fonte.

A estátua original foi colocada no alto da fonte em 1619 e existem várias lendas sobre sua origem. Alguns contam que um menino salvou Bruxelas de um incêndio com seu xixi, apagando a chispa de uma bomba inimiga. Outros asseguram que um rico burguês da cidade perdeu seu filho nas ruas do centro e, finalmente, o encontrou na posição em que se encontra a estátua hoje.

Símbolo da cidade, é tradição que os diplomatas e responsáveis políticos ofereçam uma roupa ao Manneken Pis quando estão em Bruxelas. Segundo informações, a estátua passa a maior parte do tempo vestid a e os modelos podem ser bastante divertidos: Drácula, Papai Noel, piloto de fórmula 1, tudo depende da estação e do contexto.

Sem muito tempo na cidade, fomos ver o Atomium, um monumento que foi construído em 1958. Com 103 metros de altura, ele representa um cristal de ferro ampliado 165 bilhões de vezes. As esferas de ferro possuem cerca de 18 metros de diâmetro e estão ligadas por esteiras e escadas rolantes no seu interior. As janelas instaladas na esfera oferecem aos visitantes uma vista panorâmica da cidade.

Alguns registros:

Férias 2012 – Roterdã e Haia

Publicado: 29 de julho de 2012 em Viagens

22/06/2012

Perto do meio dia saímos com destino a Amsterdã.

Paramos em Rotterdã para almoçar e optamos por não ir até o restaurante para podermos conhecer um pouquinho da cidade. Pura ilusão. Só conseguimos andar um pouco.

Duas horas depois continuamos a viagem e a próxima parada foi Haia.

Haia (Den Haag), na Holanda

Haia, para os holandeses, Den Haag,  é a terceira maior cidade dos Países Baixos depois de Amsterdã e Roterdã. É a real sede do governo, Oficialmente não é a capital dos Países Baixos que, de acordo com a constituição, é Amsterdã. É considerada a capital política holandesa porque lá estão sedes do governo, o parlamento e a residência da família real.

A sensação é que você vive numa cidade pequena com estrutura de cidade grande.

Alguns registros:

Férias 2012 – Amsterdã

Publicado: 29 de julho de 2012 em Viagens

22/06/2012 – Amsterdã

No final da tarde chegamos a Amsterdam. Fomos direto para o Novotel, que fica perto do aeroporto. Apesar de distante, há uma linha de metrobus – Linha 4 – que rapidamente nos leva até o centro e custa 2,70 EU por trecho.

Depois do jantar, incluso no pacote, fomos para o centro. Com tão pouco tempo em cada lugar, não dá para perder tempo. Paramos na praça Dam, um dos principais pontos turísticos de Amsterdam. Também passamos pelo Red Light, o bairro das ”garotas de programa”. Na verdade, para nós é outro ponto turístico.

23/06/2012 – Amsterdã

Fizemos visita com o grupo, fomos a uma fábrica de diamantes e nos desligamos para curtirmos a cidade por nossa conta.

Amsterdam é uma festa! Um paraiso para gays e simpatizantes e um divertimento para os demais. É alegre e fácil de andar. Venta muito e ainda estava fazendo frio. Nada que nos impediu de andar bastante. Agasalho e guarda-chuva são elementos imprescindíveis para quem quer ficar na rua e desfrutar da alegria da cidade.

Alguns registros:

Férias 2012 – Colônia e Frankfurt

Publicado: 29 de julho de 2012 em Viagens

24/06/2012 – Colônia

Domingo! Dia foi destinado à estrada! Saimos cedo com destino à Alemanha – Frankfurt, no final do dia.

Nossa 1ª parada foi Colônia, às 10h10. Paramos perto da Catedral e tivemos 1h30 para circularmos pelo centro.

Impossível não ficar impressionado com as imponentes torres da famosa Kölner Dom – catedral que é um dos mais belos e importantes monumentos góticos da Europa.

Kölner Dom teve a sua construção iniciada em 1248, que só terminou 600 anos depois. A agulha da catedral domina a cena e da torre tem-se uma vista maravilhosa. Segundo informações locais, ela foi uma das poucas construções que conseguiram escapar das bombas aliadas e ao final da segunda guerra permanecia intacta, rodeada pelos escombros de uma cidade em ruínas. Colônia é um bom exemplo de que é possível renascer das cinzas!

Conhece a “Água-de-Colônia 4711″? É de lá. Segundo informações, tem uma história curiosa: Quando Napoleão invadiu a cidade, ordenou uma renumeração de todas as casas da cidade para maior controle, e coube aos donos da fábrica da Água de Colônia o 4711. Napoleão se foi, o número ficou.

Incluso no programa, fizemos um passeio pelo Rio Reno. Durou pouco, o suficiente para almoçarmos e apreciarmos diversos castelos medievais em ambas as margens. O ponto de embarque em Köln é no cais Franken, próximo ao centro.

Às 16h mudamos de ônibus, passamos para a equipe do Juan, outro guia que também estava no circuito, e continuamos até Frankfurt.

24/06/2012 – Frankfurt

Chovia, fazia frio e a cidade estava deserta. Não saímos do hotel nem fizemos visita panorâmica.

Alguns registros: