Zhangjiajie – segundo dia

Publicado: 13 de julho de 2010 em Viagens

Depois do café da manhã, fizemos check out e saímos para o tour do dia. Choveu muito pela manhã e não deu para fazer o que estava previsto – ir até Zhasngwong. – terceira parte da nossa programação. Só desistimos porque a chuva estava forte. Ensopados, decidimos ir para um lugar coberto e fomos ao supermercado, o que foi ótimo. Ainda bem que a Huang estava conosco para traduzir o que víamos. A dificuldade maior é decifrar as comidas. Para quem gosta de supermercado, é uma delícia ver o que há de diferente. O preço também é ótimo. Só para ter uma ideia, uma chaleira elétrica custa 22y, algo como R$6,00, mas como levar? Além disso, a voltagem é diferente da nossa – 220w. Bela desculpa, não?

Também passeamos pela rua e deu para sentir um pouco da vida da cidade.

Por volta de meio dia, o ônibus chegou para nos levar ao restaurante, para almoçarmos. Com exceção do almoço em Xian, as nossas refeições são servidas em forma de banquete, numa sala reservada e vários pratos que são divididos entre nós. Às vezes é bom, outras, nem tanto.

Depois do almoço, parou de chover e fomos visitar uma galeria de arte chamada Zhangjiajie Sandstone Painting Research Institute com pinturas feitas com diversos tipos de material – pedra, madeira etc. Tudo começou quando um artista pobre, sem dinheiro para comprar tintas, saiu à procura de materiais para expressar a sua arte. Deu certo e vimos quadros belíssimos.

Na sequência fomos dar uma volta e depois jantamos – festival de cogumelos reunidos numa sopa deliciosa e outras coisinhas mais.

Tivemos 40 minutos free para dar uma volta antes de o ônibus chegar para nos trazer para o aeroporto.

Estamos a caminho de Shanghai.e, pelo jeito, não sairemos daqui tão cedo. Já nos serviram um lanchinho por conta do atraso – macarrão chinês. Como comer isso a essa hora da noite? Já registramos em fotos e agora estou aproveitando para escrever.

Um pouquinho da cultura local:

Banheiro é um caso à parte, Já é um lugar complicado e em alguns lugares nem existem. Aqui há em abundância, mas o cheiro….São sanitários diferentes daqueles que temos porque em muitos lugares há buracos no chão em vez de vaso sanitário. Não deixa de ser higiênico, mas é estranho. Quase sempre o cheiro é terrível e falta papel.. Nosso kit banheiro precisa estar sempre abastecido. Melhor seria se fossem um pouco mais limpos, mas a gente acostuma, já que não há nada que se possa fazer.

Curiosidade – No interior, algumas placas traduzidas para o inglês são divertidíssimas. Saída, por exemplo, já foi traduzido como Export. Há outras tantas não registradas.

Meia noite e meia nos chamaram para embarcar. Às 2h15 pousamos em Shanghai. Estamos no Days Hotel Shanghai. Não é da mesma categoria dos últimos, mas parece ser correto.

Anúncios
comentários
  1. Daniel Marques disse:

    Olá. acabei de ler, porque me encontro em yangshuo, não sei o que ver porque estou em negocios e sozinho, muito complicado porque pouca gente fala inglês, no entanto estou fascinado com o Rio todo iluminado e cheio de gente, não sei o que se passa mas disseram-me que é a noite de haloween. È a ultima aqui vou tentar divertir-me.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s