Xian

Publicado: 11 de julho de 2010 em Viagens
Xian é uma cidade muito grande, com uma população de mais de 8 milhões de pessoas, mas não há muitas atrações turísticas. No entanto, é uma cidade muito agradável, sem strress. O único stress aqui é atravessar as ruas – um caos. Ontem à noite fomos fazer massagem nos pés – programa indispensável. Se não fosse a guia, não teríamos coragem de atravessar a avenida. Impossível descrever o que é. Quando estive aqui em 2008, achei que eles sabiam o que estavam fazendo. Depois li numa reportagem sobre a China que não é bem assim, que eles se respeitam porque ninguém sabe dirigir. Não tenho opinião formada sobre isso e não arrisco atravessar a rua sozinha.

O melhor passeio é visitar o sítio arqueológico dos Guerreiros de Terracota. Trata-se de um belíssimo trabalho de restauração que foi feito depois de 1974, quando eles foram descobertos pelo camponês Yangjunpeng, que tentava fazer um poço. Nem é preciso dizer que agora ele está muito bem de vida e passa os dias autografando os livros que muita gente compra na saída.

Visitamos, também, a Terma Huanqing, construída para a concubina preferida do Imperador, na época da Dinastia Tan. Como ela possuía dons artísticos, há até um espetáculo de dança que representa a sua vida. Fomos ver e gostamos. Depois do espetáculo, jantamos os tradicionais Ravioles Chineses.

Hoje, levantamos mais tarde e fomos ver a Pagoda do Ganso Selvagem e visitamos uma fábrica de jade pela manhã. Depois do almoço, fomos ao Museu de Xian e a uma casa de chá. Conhecemos todo o ritual para fazer um chá delicioso. Só algumas pessoas compraram porque o kilo de chá, que equivale a meio kilo nosso custa, em média, R$100,00. Carinho, não? Se esse preço não baixar daqui para frente, vamos ficar com o nosso bom e tradicional chazinho brasileiro. Quem pensa que aqui na China os preços são baixinhos, está redondamente enganado. Há muita negociação e de vez em quando fazemos bons negócios, mas não é fácil.

Uma passadinda no Shopping Mall antes de jantarmos e vimos como a barreira do idioma torna tudo mais difícil, mas é divertido. A Cláudia conseguiu até comprar uma bolsa que ela pensou que fosse Nike. É só olhar na foto para ver! rsrsrs

Às 10h pegamos o avião para Zhangjiajie, nome impronunciável!!!

Chegamos às 23h30 e estamos no Yi Chen Huating Hotel.

Como a Internet está muito lenta, acho que fotos só amanhã.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s